Chegada da gestora Monica Bose aprimora organograma da HURRA

By
Updated: junho 13, 2013

1234

Em linha com as mais modernas práticas internacionais de administração de entidades do terceiro setor, a HURRA! acaba de aprimorar seu organograma com a contratação da administradora e consultora Monica Bose. Ela passa a ocupar o posto de gestora da associação.

“Fico contente pela oportunidade. O trabalho da HURRA! tem produzido resultados expressivos, tanto no âmbito do Projeto Rubgy Cidadão quanto nas outras atividades promovidas pela entidade. O rugby é um esporte notável em especial pela força do trabalho em equipe. Participar de um grupo onde esse valor é muito bem cristalizado sem dúvida é uma belíssima experiência”, declarou a nova gestora.

O trabalho na HURRA! encorpa uma longa lista de realizações da especialista em gestão de pessoas, terceiro setor e sustentabilidade. Aos 39 anos de idade, Bose ostenta no currículo títulos de graduação em psicologia, mestrado e doutorado em administração pela FEA-USP. Consultora de uma vasta gama de entidades sem fins lucrativos, organizações públicas e empresas privadas, a nova gestora da HURRA! também participou de diversos projetos de pesquisa nacinais e internacionais, um deles coordenado pela prestigiada Harvard University.

“A chegada da Monica é importante e marca a maior profissionalização da HURRA!. Temos a meta de expandir a atuação da entidade para outros municípios e outros Estados, além é claro de ampliar a profundidade do que já realizamos. A colaboração de uma profissional com o quilate da Monica se insere naturalmente no processo de desenvolvimento da HURRA!”, aponta Eduardo Pacheco, presidente da entidade.

Ele acrescenta que a visão da nova plataforma de gestão da entidade desabrochou a partir de uma consultoria para compilação da metodologia da HURRA!, trabalho que vem sendo realizado desde 2012 por uma equipe coordenada pela educadora Joyce Rosset.

“É um desenvolvimento orgânico, tanto que a vinda da Monica acompanha a promoção do Leandro Gevaerd, merecidamente efetivado como coordenador-técnico da HURRA!”, argumenta Eduardo.

Aos 27 anos de idade, Leandro tem mais de uma década de vivência na cena do rugby e esteve envolvido nas frentes operacionais de praticamente todas as atividades da HURRA! ao longo de sua história.

“Comecei no esporte apresentado por amigos da escola e depois como atleta tive a honra de defender a seleção brasileira nas categorias de base. Depois participei do desenvolvimento do projeto da HURRA!, primeiro dando aulas para as crianças em 2010 e depois supervisionando a capacitação de educadores de oitos CEUs. Desde integrei todas as atividades da entidade”, conta o novo coordenador.

Entre suas realizações recentes, Leandro destaca a implantação do novo polo de rugby de contato da HURRA! e o incentivo aos alunos do Projeto Rugby Cidadão a atuarem como árbitros.

“São passos naturais no desenvolvimento esportivo”, diz ele, lembrando que o foco do projeto é disseminar valores através do rugby na rede pública de ensino da capital paulista. Versão introdutória da modalidade sem contato físico, o rugby-tag é a ferramenta para o ensino, trabalhando entre os estudantes atributos de fair play e companheirismo da modalidade ainda pouco conhecida no Brasil.

Além de suas atribuições na HURRA!, Leandro é treinador da seleção paulista de rubgy M18, comandando a equipe tricampeã brasileira desde 2011. Ele também encabeça o projeto de desenvolvimento do São Bernardo Templários, gerenciando todas as atividades do clube que disputa a segunda divisão estadual.

Sobre a HURRA!

Criada por um grupo de pessoas, do esporte e da educação, que se uniram com objetivo de disseminar o rugby como esporte de formação de valores para a transformação da sociedade, a Hurra! revela em seu nome a força do coletivo. HURRA! é um grito de superação, uma energia de mudança que tem o esporte como pivô de transformação social.

A entidade capacita professores da rede CEU para, no período do contra-turno do horário letivo oferecer acesso à prática do rugby, bem como à atividades que consolidem a formação das habilidades cognitivas, habilidades cívicas e valores ligados ao esporte, para crianças e adolescentes.

Sobre o Rugby Cidadão

O Projeto Rugby Cidadão é uma iniciativa da Associação HURRA! em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de São Paulo e financiado através da Lei Paulista de Incentivo ao Esporte. Com o propósito de apresentar a modalidade ainda pouco conhecida no Brasil para a rede pública de ensino e disseminar seus valores de respeito, disciplina, lealdade e fair play, a iniciativa completou seu segundo ano em 2012 -no ano anterior, 14 mil alunos foram expostos ao rúgbi, mais de 10% do público total de matriculados na rede CEU (Centro Educacional Unificado). Hoje, o projeto está presente em 23 dos 45 CEUs da capital.

Apoiadores

Por meio da Lei Paulista de Incentivo ao Esporte, a HURRA! tem apoio das seguinte empresas: Nike, Nestlé, Eurofarma, Instituto Nextel, Duratex, Tilibra, Riachuelo, Santher,NS inaladores e TAM Jatos Executivos

Por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte, a HURRA! é apoiada por: CCR, Ticket.com, TAM Linhas Aéreas e DPaschoal